15 sinais de dor em coelhos

Veja fichas de coelhos

Os coelhos podem ser ótimos animais de estimação, mas não são cães nem gatos; portanto, precisarão de cuidados especializados . Assim, se queremos cuidar de algum deles, devemos procurar um veterinário com experiência nesses animais que, além de verificar sua saúde, nos aconselhe sobre os melhores cuidados e a alimentação mais adequada.

Além disso, você deve nos informar sobre os sinais de alerta aos quais devemos prestar atenção, portanto, neste artigo de milanospettacoli.com, revisaremos os 15 sinais de dor em coelhos . Essencial para qualquer tutor.

Sinais gerais de dor em coelhos

A dor nos coelhos pode passar despercebida nos casos em que é mais leve. Mesmo assim, podemos apontar 15 sinais de dor em coelhos, aos quais devemos estar atentos, pois, se identificarmos algum, precisamos procurar assistência veterinária. São os seguintes:

  • Redução da atividade : notamos que o coelho permanece imóvel e, quando se move, o faz devagar, às vezes mancando.
  • Desidratação: que podemos apreciar porque a pele perde elasticidade, o cabelo não tem brilho e os olhos parecem afundados.
  • Letargia e apatia.
  • Falta de higiene: porque o coelho para de se arrumar, para que o pêlo pareça negligenciado.
  • Mudanças na alimentação : o coelho come e bebe menos, leva mais tempo para alimentar e podemos ver que a comida cai da boca dele.
  • Problemas oculares: um ou ambos os olhos têm secreções, são fechados, estrabiais ou mudam de cor.
  • Posturas estranhas: o coelho pode contrair o abdômen, inclinar as costas ou manter a cabeça contra a parede.
  • Autoproteção: significa que o coelho impede que a área dolorida seja manipulada. Ele se esconde ou pode parecer agressivo de repente.
  • Perda de interesse pelo que acontece em seu ambiente.
  • Ranger de dentes ou vocalizações : geralmente quando manipulados, movidos, urinados ou defecados.
  • Dificuldades respiratórias
  • Distúrbios do padrão do sono ou dificuldade para descansar.
  • Expressão facial modificada: ou seja, pupilas dilatadas, ausência de reflexo palpebral, etc.
  • Hipersalivação
  • Isolamento do grupo : no caso de coelhos que vivem em comunidade, podemos observar que o animal recusa o contato com seus pares.

A avaliação da dor em coelhos

Dos 15 sinais de dor em coelhos que destacamos, alguns corresponderão a dor leve a moderada, enquanto outros indicarão dor intensa ou crônica. Levando isso em consideração, é importante saber se o atendimento veterinário deve ser imediato ou com que cuidados devemos lidar com o coelho.

Podemos distinguir os sinais de dor da seguinte maneira:

  • Dor leve a moderada : incluiria secreções oculares, protrusão da membrana nictitante, fotofobia, constipação ou diarréia, depressão, corpo encostado a uma parede, redução na ingestão de água e comida, desinteresse, agressividade ou vocalização e ranger de dentes quando a manuseamos. .
  • Dor intensa ou crônica : ranger de dentes, letargia, desidratação, desbaste, fezes grudadas na região anal, perda de massa muscular que pode ser sentida nas pernas traseiras, que terão pouca carne, falta de resposta a estímulos ou baixa produção de fezes

Quando administrar analgesia a um coelho?

Depois de explicar os 15 sinais de dor em coelhos aos quais devemos prestar atenção, veremos agora em quais casos será necessário administrar analgesia, ou seja, qualquer medicamento, sempre prescrito por um veterinário, para mitigar a dor que pode estar causando doenças diferentes dos coelhos Mas, além de tratar o desconforto, é essencial procurar a causa que os origina, que deve ser curada para que a dor desapareça. Os 6 sinais clínicos para os quais a analgesia é recomendada são os seguintes:

  • Ansiedade
  • Inatividade
  • Inquietação
  • Guinchos ou gemidos
  • Ranger os dentes
  • Imobilidade
  • Anorexia (de água e / ou alimentos)
  • Afilamento

Como dissemos, detectar qualquer sinal de sofrimento em nosso coelho é uma questão de consulta veterinária, sempre com um profissional com experiência comprovada no trato com esses animais. É essencial chegar a um diagnóstico para descobrir e tratar a causa primária da dor, enquanto, quando isso é considerável, administramos uma analgesia apropriada, orientada em qualquer caso pelo veterinário.

Este artigo é meramente informativo, em milanospettacoli.com.com não temos poder para prescrever tratamentos veterinários ou fazer qualquer tipo de diagnóstico. Convidamos você a levar seu animal de estimação ao veterinário, caso ele apresente algum tipo de condição ou desconforto.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes a 15 sinais de dor em coelhos, recomendamos que você entre na nossa seção de prevenção.

Recomendado

Cultivar chalotas
2019
10 raças de cães peludos
2019
Bilbocan
2019