Como nascem os cães?

Veja arquivos para cães

Um dos aspectos do cuidado dos cães que mais dúvidas e expectativas suscitam é o relacionado ao nascimento. É por isso que, neste artigo do milanospettacoli.com, explicaremos como os cães nascem para fins informativos, tanto para conhecer a reprodução dos cães quanto para saber o que fazer em caso de adoção de uma cadela. Assim, é importante que, como cuidadores, tenhamos conhecimento sobre gravidez, parto e aleitamento materno, pois são situações especialmente sensíveis nas quais é importante saber como identificar qualquer alteração para consultar o veterinário a tempo.

E se você não mora com cães, mas, igualmente, está interessado em saber mais sobre essa espécie animal, falamos sobre como os cães nascem e fazemos um resumo adequado para todos os públicos.

Reprodução dos cães

Antes de pararmos para explicar como os cães nascem, é importante falar sobre o sistema reprodutivo desses animais. Assim, a reprodução de cães é sexual, através da relação sexual. Para fazer isso, as cadelas têm dois períodos férteis por ano, conhecido como calor . Atualmente, em que ele vai apresentar uma secreção sangrenta, ele também emite feromônios que atraem homens, promovendo a cavalgada ou a relação sexual . Se isso ocorrer, provavelmente o cão ficará grávida.

Durante o passeio, podemos ver que os cães ficam presos por alguns minutos. Isso ocorre como parte da fertilização e, neste outro artigo, explicamos em detalhes: "Por que os cães ficam presos quando acasalam?".

Não é responsável que, como babás de cães, permitamos que eles se reproduzam sem controle. A superpopulação canina leva a muito mais animais do que as famílias dispostas a recebê-los, levando a um grande número de abandono, abuso e morte. Portanto, recomendamos como um meio de controle reprodutivo mais seguro e adequado, a esterilização de machos e fêmeas.

Sintomas da gravidez em cães

É difícil perceber que um cão está fermentando até que sua condição não esteja muito avançada. Portanto, se sabemos que houve monta, podemos assumir que houve fertilização. O veterinário pode interrompê-lo ou, se quisermos continuar, esse profissional nos orientará no acompanhamento mais adequado e nos cuidados necessários. Você também pode resolver todas as dúvidas e explicar como os cães nascem.

No final da gravidez, podemos observar um aumento no tamanho dos seios e abdômen, devido ao crescimento dos filhotes. Pouco antes de dar à luz, é normal que o cão pare de comer, fique inquieto e arranhe o chão com uma atitude ansiosa. Esse comportamento nos marca quando um cachorro para, o que geralmente ocorre dois meses após a cavalgada. Dessa forma, se você se perguntar quanto tempo dura a gravidez de uma cadela, saiba que ela dura aproximadamente 63 dias. Quando esse número é atingido, é hora de apresentar a caixa de entrega.

Paritorio para cães

A caixa de parto, a sala de parto ou o ninho são o espaço mais adequado para ver como os cães nascem. Recomenda-se oferecer ao nosso cão um espaço em um local tranquilo, não apenas longe do trânsito da casa, mas também de correntes de ar ou curiosas que possam perturbá-lo. É importante ter em mente que, para a entrega ocorrer, o cão não pode ficar estressado. O estresse produz hormônios que interferem nos envolvidos no parto, dificultando o processo.

Podemos preparar uma caixa ou cama confortável com toalhas ou cobertores, não muito macios, para que os filhotes não corram risco de asfixia. É importante cobri-los com uma imersão para coletar os líquidos a serem removidos. Aconselhamos o uso de materiais antigos, porque é provável que, após a entrega, tenhamos que jogá-los fora.

Embora ofereçamos um ótimo ninho, devemos saber que existem cadelas que preferem dar à luz em um espaço de sua escolha. Se esse é o caso do nosso, devemos respeitá-lo, pois, como dissemos, é crucial que, para o nascimento progredir favoravelmente, o cão não fique estressado.

Entrega de um cachorro

Nos 62 dias de gestação, além da falta de apetite, podemos ver que o cão está ofegante e respirando de maneira inquieta. Alguns até vomitam. Esses sinais nos dizem que você está enfrentando contrações uterinas, essenciais para o nascimento de cães, pois ajudam a dilatar o colo do útero e os filhotes de fora. Essas contrações, suaves em uma primeira fase, se intensificarão na segunda fase, na qual perceberemos que o cão, além disso, empurra ativamente. As entregas das cadelas geralmente acontecem à noite e geralmente correm sem ter que intervir.

Quanto ao nascimento dos cães, eles saem com contrações em intervalos que variam de 15 minutos a duas horas. Eles costumam fazer isso dentro de sua bolsa de líquido amniótico, que rasga o cão com os dentes. Ele também os lambe para limpar secreções que podem entupir o nariz e a boca. É normal que o cão engula esta bolsa, bem como a placenta, que será presa ao filhote pelo cordão umbilical, que a mãe também cortará e comerá. Dessa forma, e embora pareça uma situação incomum, não devemos impedir que o cão coma tudo o que foi mencionado, pois faz parte do processo natural de nascimento dos cães.

O que acontece se o filhote não sair?

Embora seja comum que os partos ocorram sem nenhuma dificuldade, é normal nos perguntarmos o que acontece se o filhote não sair. Esses casos podem ocorrer devido a algum problema com a posição da criança, para que ela permaneça entupida no canal de parto. Contrações ineficientes não vão permitir que os filhotes saiam. Se percebermos que alguém olha para a vulva, mas não sai ou passa duas horas sem outro nascimento, apesar dos esforços do cão, é essencial que chamemos o veterinário.

No artigo a seguir, explicamos o que fazer nesses casos: "Como ajudar um cão a dar à luz?".

Como saber se o cão terminou de dar à luz?

Depois que vimos como os cães nascem, após o nascimento, o cão permanece deitado ao lado de seu filhote, calmo e relaxado. Como indicamos, o intervalo de tempo entre o nascimento e o nascimento é de 15 minutos a duas horas; portanto, se esse tempo passar e o cão não apresentar sintomas de parto ou estiver nervoso, podemos concluir que o parto terminou. Obviamente, é essencial monitorar a gravidez do cão para saber o número de fetos e verificar, uma vez nascido, se ele corresponde.

O que os cães recém-nascidos e a mãe comem?

Quando o nascimento dos filhotes termina, o que esses cães recém-nascidos comem é o líquido conhecido como colostro, uma secreção de grande valor imunológico que precede o leite materno . Este será o alimento dos filhotes durante as primeiras semanas de vida.

Por sua vez, a mãe deve receber uma dieta adequada para o cultivo de cães, pois é a que melhor se adapta às necessidades nutricionais que ela apresentará nessa etapa. Também devemos garantir uma hidratação adequada, fornecendo bastante água fresca. Para saber exatamente como alimentar um cão após o parto, não perca este artigo: "Alimentando um cachorro após o parto".

Se um filhote não mamar adequadamente, estiver com frio ou, no caso do cão, tiver febre, corrimento vaginal fedido ou parar de comer, são razões mais do que suficientes para procurar o veterinário. Tanto os recém-nascidos quanto suas mães são especialmente vulneráveis, daí a importância de não adiar a oferta de assistência.

Como nascem os cães? - Explicação para crianças

Se tivermos filhos na família, é lógico fazer perguntas sobre como os cães nascem. Para respondê-las, precisamos adaptar as informações que fornecemos anteriormente à sua idade e capacidade de compreensão. Podemos confiar em vídeos e livros para visualizar os conceitos mais facilmente. Também é muito importante insistir que eles não devem incomodar o cachorro, muito menos manipular seus filhotes, pois não são brinquedos.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes ao Como os cães nascem?, recomendamos que você entre na seção Gestação.

Recomendado

Alimentação de iguana verde
2019
Alimento natural para cães
2019
País Basco
2019