Crise ambiental global: o que é, causas, consequências e soluções

Hoje estamos passando para o que seria chamado de crise ambiental global . Ou seja, uma crise que afeta o meio ambiente, bem como todas as formas de vida associadas aos ecossistemas que estariam em crise, e que, além disso, é caracterizada por ter um caráter global em vez de poder ser localizado de uma certa maneira em uma área geográfica específica. Sem dúvida, sua origem é encontrada na atividade humana, que, com seu impacto no meio ambiente, compromete seriamente a própria sobrevivência de muitas espécies biológicas e ecossistemas como um todo. Além disso, isso tem conseqüências que vão além do impacto biológico e ambiental, pois afetam diretamente as sociedades humanas, suas economias e equilíbrios territoriais. Se você quiser aprender um pouco mais sobre a crise ambiental global, bem como suas causas, consequências e possíveis soluções, continue lendo e nós o informaremos.

Causas da crise ambiental global

A crise ambiental global é multicausal. No entanto, todas as causas que a produzem têm a mesma origem: atividade humana . Embora seja verdade que falar sobre a atividade humana implique uma extrema generalização, é necessário partir dessa base, pois deixa toda a dúvida de que a crise ambiental global é resultado de um problema ambiental de origem natural ou puramente climática.

É verdade que a mudança climática é uma constante ao longo da história da vida na Terra. Contudo, exceto em casos específicos de extinções em massa causadas por fatores externos (o mais conhecido de todos seria a extinção em massa que ocorreu após um asteróide atingir o planeta há aproximadamente 65 milhões de anos e pôr fim ao reinado do dinossauros), as mudanças climáticas são um processo que se desenvolve a uma velocidade lenta o suficiente para que os ecossistemas possam se adaptar a essas mudanças. Quando essa mudança climática é realizada de forma abrupta e acelerada (como no caso do asteróide mencionado ou devido à atividade humana hoje em dia), ocorre uma crise ambiental global que afeta todas as espécies e ecossistemas, resultando em um colapso de muitos ecossistemas por não ter capacidade real de se adaptar às mudanças que ocorrem.

Dessa forma, na ausência de fatores externos que causam a mudança climática atual nas condições que mostramos, e dada a experiência concreta de que as atividades humanas como um todo são responsáveis ​​por essa mudança climática, não há outra explicação possível a ser destacada. atividade humana em sua forma atual como responsável pela crise ambiental global que ocorre.

Consequências da crise ambiental global

Existem várias conseqüências dessa crise ambiental global que podemos dividir em três grandes grupos :

Consequências ecológicas

Nesta seção, poderíamos incluir todos aqueles que afetam diretamente os ecossistemas e os modos de vida. Para citar alguns exemplos:

  • A extinção de espécies da flora e da fauna.
  • A degradação da biodiversidade dos ecossistemas.
  • A proliferação de espécies invasoras.
  • As alterações dos ciclos biológicos naturais.

Consequências sociais

Nesta seção, incluiríamos todos aqueles que, direta ou indiretamente, afetariam a própria atividade humana e as sociedades humanas. Nesse sentido, alguns exemplos seriam:

  • Perdas de colheitas ou degradação do solo.
  • A incapacidade de encontrar água doce suficiente para atender à demanda humana.
  • Migrações de grupos populacionais em busca de áreas geográficas com maiores recursos.
  • A proliferação de doenças ligadas à poluição.
  • A proliferação de doenças ligadas ao deslocamento geográfico das próprias doenças infecciosas como resultado do aumento da temperatura global.

Consequências climáticas apropriadas

Esses tipos de conseqüências seriam em grande parte a causa de algumas das consequências ecológicas e sociais. No entanto, devido ao seu próprio caráter, vale a pena avaliar em si mesmos, pois implicam a modificação do clima como ele havia desenvolvido até agora. Alguns exemplos são:

  • Desertificação
  • A desflorestação.
  • A acidificação do mar.
  • O aumento no número de fenômenos como furacões ou tufões, bem como a sua proliferação em áreas geográficas que não estão tradicionalmente associadas a esses fenômenos.

Soluções para a crise ambiental global

Ao falar sobre soluções para a crise ambiental global, elas podem ser divididas em dois grandes grupos :

Soluções preventivas

São aqueles focados em conter ou impedir o aumento das consequências da referida crise. Nesse sentido, o melhor exemplo pode ser encontrado na supressão do uso de combustíveis fósseis em favor de energias renováveis. Dessa forma, seríamos capazes de conter os efeitos nocivos de grande parte da atividade humana produzida pela crise ambiental global.

Soluções restauradoras ou curativas

Nesse caso, seriam soluções destinadas a recuperar ou restaurar o ambiente danificado . Alguns exemplos desses tipos de soluções são apresentados:

  • Reflorestar áreas desmatadas.
  • Limpe os mares.
  • Restaurar ecossistemas através de planos para proteger a flora e fauna nativas.
  • Melhorar o gerenciamento de recursos hidrográficos entre muitos outros.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes a Crise ambiental global: quais são, causas, conseqüências e soluções, recomendamos que você entre na nossa categoria de poluição.

Recomendado

Alelopatia: o que é, tipos e exemplos
2019
Meu gato sangra pelo nariz, o que eu faço?
2019
Como medir a temperatura de um gato?
2019