Cuidado de cachorro

Veja arquivos para cães

Neste artigo do Expert Animal, explicaremos o que precisamos saber se queremos oferecer o melhor atendimento aos cachorros, para que possamos tratá-los da melhor maneira possível quando eles chegarem em nossa casa. Em resumo, falaremos sobre alimentos, utensílios necessários e cuidados veterinários.

A adoção de um cão é uma ação cheia de ilusão, mas também de dúvidas. Portanto, revisaremos aspectos relacionados à saúde, higiene, educação ou quais acessórios são essenciais e resolveremos todos os problemas para obter uma convivência feliz. Continue lendo e descubra neste guia completo como cuidar de filhotes .

Quando levar um filhote ao veterinário?

A primeira coisa que devemos fazer ao adotar um filhote é ir ao veterinário. Embora o cão seja entregue com a cartilha por dia, é conveniente fazer essa visita para responder a perguntas e abrir um arquivo na clínica. O veterinário é um pilar básico no cuidado de cachorros. Dessa forma, se você se pergunta quando deve ser a primeira visita de um filhote ao veterinário, a resposta é assim que ele chega em nossa casa .

Para esta primeira visita, vamos procurar um profissional de confiança, pois é preferível ter referências diretas do seu trabalho. Além disso, este profissional pode confirmar a idade do cão. Lembre-se de que, se possível, não devemos separá-lo de sua família antes que ele complete 8 ou 10 semanas .

Você também pode verificar seu estado geral, verificar se há parasitas, vaciná-lo e nos dar recomendações sobre cuidados e alimentação. Além disso, podemos marcar uma data aproximada para a esterilização, cirurgia recomendada por seus benefícios à saúde e, também, controlar a superpopulação de cães, o que resulta em milhares de animais abandonados e abatidos a cada ano.

Quando desparasitar um filhote de cachorro?

Ao cuidado de cachorros, não pode faltar a desparasitação interna e externa, pois os cães podem ser infectados por parasitas como pulgas ou vermes intestinais. Embora os parasitas geralmente não sejam graves em infestações leves, complicações como anemia podem ocorrer em filhotes, idosos ou animais doentes.

Além disso, eles sempre devem ser tratados porque podem infectar outros animais e humanos. É por isso que é importante prevenir, remover vermes desde as primeiras semanas de vida e manter esse desparasitação todos os meses. O veterinário aconselhará os produtos mais adequados para o nosso filhote.

Em geral, a desparasitação interna pode começar após 15 dias de vida, enquanto a desparasitação externa deve começar após 8 semanas. Mais uma vez, o especialista será quem definir o melhor horário, dependendo do produto, e quem determinará com que frequência desparasitá-lo após a primeira dose.

Primeiras vacinas de um filhote

Outro dos aspectos básicos que devemos levar em consideração ao cuidar dos filhotes é a vacinação, que começa por volta das 8 semanas de idade e, desde então, é repetida anualmente. Embora não seja obrigatório em todos os países, é recomendável vacinar contra a raiva. O veterinário registra as vacinas e a data da próxima vacinação no passaporte ou passaporte do animal.

Durante os primeiros meses de vida, as vacinas são administradas em várias doses consecutivas . Até que esse período de vacinação termine, não é conveniente levar o filhote para passear, pois ele ainda não possui imunidade desenvolvida e pode ter doenças graves. Se você deseja fazê-lo para iniciar seu período de socialização, os especialistas recomendam levar a criança nos braços para que você possa se acostumar com os sons, cheiros e presenças de pessoas e animais sem correr nenhum risco. Além disso, você deve saber que as aulas para filhotes são cada vez mais populares, voltadas precisamente à socialização de crianças sem nenhum perigo.

Por outro lado, há países em que todos os cães devem ser identificados com um dispositivo chamado microchip, que é colocado como uma injeção subcutânea e permite que o cuidador de cães seja localizado simplesmente passando um leitor para ele. É importante descobrir sobre a legislação em nosso país.

Acessórios e alimentação de um filhote

No mercado, há uma infinidade de produtos para o cuidado de cachorros. Para não se perder, aqui está uma lista dos itens essenciais para preparar a chegada do filhote em casa :

  • Alimentadores e bebedores : existem todos os tamanhos, cores e até formas. É preciso observar o material de que são feitos, pois os plásticos podem causar reações alérgicas, sendo cerâmico, porcelana e argila os mais recomendados.
  • Cama : também temos uma grande variedade para escolher. No início, é normal que os filhotes mordam e destruam sua cama, para que possamos começar a usar cobertores ou roupas velhas, o que também os ajuda a se familiarizar com o nosso cheiro. Depois que a "fase destrutiva" terminar, recomendamos uma cama macia, melhor com uma tampa removível para facilitar a lavagem. Também podemos obter um cobertor ou capa para proteger os sofás ou o carro. E se ele chorar à noite, você pode consultar este artigo com o nosso conselho: "O que fazer se meu filhote chorar à noite?".
  • Alimento seco, úmido ou caseiro : sempre formulado especificamente para filhotes, pois suas necessidades nutricionais são diferentes das dos cães adultos. Também podemos oferecer prêmios, mas sempre em pequena quantidade. Para mais detalhes, confira este post: "O que os filhotes comem?"
  • Caminhada : quando o filhote puder sair, precisaremos de uma coleira ou cinto, uma trela e pequenas bolsas para se livrar dos movimentos intestinais. Se o cachorro estiver com frio, podemos comprar uma capa de chuva ou um casaco para os passeios. Isso também facilitará a secagem quando você chegar em casa em dias de chuva.
  • Carro : se viajarmos com nosso filhote, devemos consultar a legislação do nosso país para saber como levá-lo no veículo. Geralmente, precisaremos de um cinto de segurança ou de um transportador, se o cão for pequeno. Também serve para instalar uma rede que a separa da frente.
  • Higiene : uma escova e um xampu são os princípios básicos desta seção. Podemos consultar nosso veterinário ou cabeleireiro canino para recomendar o melhor para o seu tipo de cabelo. Toalhetes ou espumas secas também podem ser úteis para limpeza pontual, pentes finos para detectar pulgas e cortadores de unhas.
  • Kit de primeiros socorros : com produtos básicos para tratamento de emergências como desinfetantes, termômetro, luvas descartáveis, gaze, pinça, focinho, soro e algo essencial: o telefone das emergências veterinárias mais próximas.
  • Brinquedos : levando em consideração as preferências do cão, é bom escolher brinquedos do tipo kong e, sempre, adequados para cães. Devemos verificá-los e jogá-los se eles mostrarem danos.

Podemos encontrar muitos acessórios diferentes na nova coleção de produtos para animais da Maisons du Monde, todos feitos com materiais adequados e desenhos exclusivos. Assim, podemos adquirir camas diferentes das tradicionais, igualmente confortáveis ​​para cães, como uma tenda ou uma cesta com colchão confortável. Eles também têm tigelas de porcelana, entre outros produtos.

Como educar um filhote de cachorro?

Entre os cuidados com cachorros, devemos acrescentar uma educação básica que inclua ensiná-los a fazer suas necessidades na rua, caminhar sem jogar, sentar, interagir com outros animais, não pular nas pessoas ou não comer o que encontrar. As aulas para filhotes são cada vez mais comuns e são uma boa ferramenta para ensinar, solucionar dúvidas com profissionais e desenvolver o vínculo com o filhote.

Obviamente, a educação do filhote deve sempre ser baseada em reforços positivos, já que o animal se sente motivado a continuar aprendendo e internalizando os atos muito melhor. Note-se que o treinamento não apenas nos permite melhorar a convivência, mas também é um tipo de estímulo mental e físico, algo essencial para o seu desenvolvimento adequado.

Quanto exercício um filhote deve fazer?

Em relação ao exposto, o exercício também é fundamental ao cuidar de filhotes, pois eles precisam canalizar toda a energia acumulada de maneira positiva para todos. Para fazer isso, precisamos dedicar horas de jogo dentro e fora de casa e deixá-los correr, mas sem nos excedermos para evitar problemas nas articulações. Lembre-se de que eles estão cultivando animais e o exercício excessivo pode ser muito prejudicial à sua saúde.

Então, quanto tempo de exercício um filhote precisa? Em geral, é recomendável fazer duas caminhadas diárias de 20 a 40 minutos cada, nas quais são incorporados momentos relaxados e momentos mais ativos. No entanto, é importante observar que cada filhote é um mundo e que um cão de raça pequena não precisa do mesmo tipo de exercício que um de uma raça maior. Portanto, no artigo a seguir, estendemos essas informações: "Quanto exercício um filhote deve fazer?"

Quanta atenção um filhote precisa?

Tudo o que você pode dar! Um filhote precisa de muita atenção, essa é uma realidade que muitas pessoas não consideram quando adotam um cachorro. Portanto, recomendamos medir muito bem o tempo disponível, calcular os custos de manutenção do animal e depois decidir se as condições ideais são atendidas para garantir a melhor qualidade de vida.

Um filhote desacompanhado provavelmente desenvolverá problemas de comportamento que piorarão durante a vida adulta, como estereótipos por estresse ou tédio, proteção de recursos por não ter aprendido a compartilhá-los, destruição de móveis por não ter um guia para lhe dizer o que é bem e o que está errado ou agressivo no pior dos casos.

Por tudo isso, ofereça a seu novo amigo todo o seu amor, use reforço positivo, aprenda a cuidar corretamente do seu cachorro e você poderá desfrutar de um companheiro fiel por muitos anos.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes ao Filhote de cachorro, recomendamos que você entre na seção Cuidados básicos.

Recomendado

Alimentação coruja
2019
Prednisona ou prednisolona para cães - Usos e efeitos colaterais
2019
Impedir que meu gato urine em casa
2019