Dicas para evitar que meu cachorro escape

Veja arquivos para cães

Se você tem um cachorro e já fugiu, está ciente da preocupação que um proprietário pode sentir quando não encontrar o amigo. Ele pode fugir durante uma caminhada ou esperar que você abra a porta para escapar. Isso pode causar situações perigosas que devem ser evitadas.

Neste artigo do milanospettacoli.com, mostraremos as principais razões pelas quais um cão escapa e como podemos evitá-lo. Continue lendo e descubra todas as nossas dicas para evitar que seu cão escape .

Por que meu cachorro foge?

Existem várias razões pelas quais um cão pode escapar:

Motivos sexuais

A presença de cadelas em uma estação de acasalamento perto de casa ou nas áreas de passeio pode fazer com que seu cão corra para a fonte do cheiro. As fêmeas liberam feromônios que atraem os machos da região. Evite áreas onde você sabe que as cadelas vivem no calor em suas caminhadas.

Falta de exercício

Cães e principalmente jovens precisam queimar energia. Eles precisam de longas caminhadas ou saídas para espaços onde possam correr livremente. Se um cão não tiver exercício suficiente, ele pode fugir de casa para correr e desabafar.

Caça, desejo de explorar ...

O cheiro de uma barragem perto da casa ou apenas a abertura da porta pode fazer com que o seu cão fuja. Muitas razões podem levar seu cão a escapar sem saber muito bem o porquê. É por isso que é muito importante educar seu cão e integrar-se à sua família. Se o seu cão está sempre no jardim, não participa de jogos ou atividades diárias com a família, ele terá mais tendência a escapar.

Rotinas diárias, sejam caminhadas, viagens à floresta ou simplesmente para nos acompanhar para fazer recados, farão parte do dia do seu cão. Assim, nos momentos em que você precisa estar no jardim ou no pátio, ficará mais cansado e menos entediado.

Prevenção e localização

Não podemos impedir que nosso cão escape o tempo todo, mas podemos tomar precauções para nos ajudar a encontrá-lo.

Como você bem sabe, a identificação com microchip é obrigatória na Espanha. Está alojado sob a pele do animal e contém os detalhes de contato do proprietário. Isso é muito útil, porque se alguém encontrar nosso cão perdido, procurar um veterinário pode obter as informações do proprietário e entrar em contato conosco.

Também podemos colocar uma placa com seu nome e nosso telefone em seu colar. É simples, mas muito útil, pois permite que a pessoa que encontra nosso cão nos ligue diretamente sem verificar o microchip.

A última coisa a localizar o nosso cão é o uso de GPS conectado à coleira . Permite ao proprietário visualizar a localização do seu cão com um smartphone.

Meu cachorro foge de casa

Área externa

Se seu cão passa a maior parte do tempo em um terraço ou jardim, você deve saber que ele conhece cada canto e que, se houver uma área onde ele possa sair, ele o fará. É por isso que é importante cercar ou delimitar bem a área externa e verificar periodicamente se a cerca não foi quebrada ou se há buracos no chão que permitem que ela saia. Dessa forma, você estará seguro, quando estiver longe de casa, de que seu cão poderá passear pelo jardim sem escapar e sem a necessidade de ser amarrado.

Respeite a porta

Se toda vez que você abrir a porta da sua casa, seu cão tentar fugir, saiba que é um problema de educação. Devemos garantir que eles aprendam desde cedo a respeitar a porta. Toda vez que você for passear, pegue a trela e vá até a porta. O cão deve ficar calmo quando você coloca a trela e depois quando você abre a porta. Caso contrário, diga NÃO e feche a porta. Repita o processo todos os dias antes de sair até que você entenda.

Meu cachorro escapa durante caminhadas

Se você andar pela cidade, é obrigatório usar uma trela. Se você andar sem trela em áreas rurais ou parques para cães, é importante que ele receba treinamento básico.

Atender a chamada

Se o cão estiver solto durante a caminhada, devemos acostuma-lo a não ir muito longe. É por isso que é importante que você atenda. Devemos chamá-lo atraindo os olhos do animal e falando alto e claramente. Assim que você for, ofereceremos salsichas ou outras recompensas . Devemos ser pacientes e não ficar bravos se isso não acontecer. É um processo lento e depende da confiança. Gradualmente, as recompensas devem desaparecer. É melhor acariciá-lo e brincar com ele quando ele chegar, embora de tempos em tempos você possa recompensá-lo.

É importante que durante as caminhadas você não ligue para ele apenas na hora de sair, porque ele notará e evitará.

Evite áreas de conflito

Se houver uma cadela no cio na área ou você souber que seu cão está especialmente perturbado ao passar por um determinado local, evite-o. Não custa nada mudar um pouco a rota e evitar as distrações do cão que podem fazê-lo escapar, principalmente se ele estiver na fase de treinamento.

A importância do exercício e treinamento

Como dissemos antes, a falta de exercício é uma das razões pelas quais um cão pode escapar.

Dependendo da raça e idade do animal, suas necessidades são diferentes. Se o seu cão é jovem e muito ativo, você deve fazê-lo queimar esse excesso de energia. Mesmo se você for passear várias vezes ao dia, eles precisam correr, liberar energia.

Um dia no mato ou em um parque de cães correndo é perfeito para o seu cão chegar em casa cansado, mas calmo. Dessa forma, você não vai querer explorar.

O treinamento é algo básico, não apenas para impedi-lo de escapar, mas para que nosso cão esteja equilibrado e perfeitamente integrado à família. É muito importante dedicar tempo a ele, não apenas no começo. A constância é fundamental. E, acima de tudo, não fique com raiva dele, os gritos e os maus métodos são completamente improdutivos. Reforço positivo e perseverança farão com que nosso cão nos obedeça.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes ao Dicas para impedir que meu cão escape, recomendamos que você vá para a seção Problemas comportamentais.

Recomendado

Quanto pesa um elefante?
2019
Meloxicam para cães - Dosagem, para que serve e efeitos colaterais
2019
Onde vive o caranguejo de coco
2019