Doenças de gato Ragdoll

Ver arquivos de gatos

Os gatos Ragdoll pertencem a uma raça de gatos gigantes originários dos Estados Unidos, a partir de vários cruzamentos entre outras raças, como persas, siameses e o sagrado da Birmânia. Nas últimas décadas, esses gatos se tornaram muito populares como animais de estimação, por sua notável beleza e comportamento temperado. São gatos leais e afetuosos, que estabelecem um vínculo muito especial com seus tutores e precisam de companhia para levar uma vida saudável e feliz.

Em geral, os gatos ragdoll têm uma saúde muito boa e uma longevidade em torno de 10 anos. No entanto, eles precisam receber medicamentos preventivos adequados e cuidados essenciais para preservar sua boa saúde e manter um comportamento equilibrado.

Em milanospettacoli.com você encontrará informações sobre os cuidados básicos com o ragdoll, mas desta vez convidamos você a conhecer as doenças do gato ragdoll, para que você possa oferecer uma ótima qualidade de vida ao seu companheiro felino. Continue lendo!

Consanguinidade em gatos ragdoll

A consanguinidade pode ser definida como o acasalamento de indivíduos geneticamente relacionados (entre irmãos, entre pais e filhos ou entre netos e avós, por exemplo). Essas cruzes podem ocorrer espontaneamente na natureza, como entre gorilas, abelhas e guepardos, ou ser induzidas por seres humanos. Infelizmente, a consanguinidade tem sido usada como recurso durante o processo de criação e / ou padronização de raças em animais domésticos, principalmente em cães e gatos.

Nos gatos ragdoll, a consanguinidade representa um problema sério, uma vez que cerca de 45% de seus genes vêm de um único fundador, Raggedy Ann Daddy Warbucks. Indivíduos nascidos de cruzamentos consanguíneos têm uma baixa variedade genética, o que os torna mais propensos a sofrer de uma série de doenças hereditárias e degenerativas, reduzindo sua expectativa de vida.

Além disso, esses indivíduos podem apresentar uma taxa de sucesso reduzida ao se reproduzir. Os cruzamentos consanguíneos geralmente geram ninhadas menores e os filhotes geralmente têm o sistema imunológico mais fraco, o que aumenta a taxa de mortalidade e reduz as chances de sobrevivência para dar continuidade às espécies.

Radgoll doenças do gato: obesidade

Os gatos Ragdoll são especialmente mansos e têm um estilo de vida tranquilo, não são exatamente fãs de uma rotina de intensa atividade física. No entanto, o estilo de vida sedentário é muito prejudicial à saúde desses gatos, pois eles podem ganhar peso facilmente e, assim, mostrar alguns sintomas de obesidade em gatos. Portanto, seus tutores não devem apenas oferecer-lhes uma dieta equilibrada, mas também incentivá-los a praticar exercícios, jogos e atividades estimulantes regularmente.

O enriquecimento ambiental é essencial para proporcionar um ambiente que desperte a curiosidade do seu gato e o "convide" a brincar, exercitar e gastar energia. Além disso, uma casa enriquecida é ideal para estimular as habilidades cognitivas, emocionais e sociais da sua vagina, evitando assim os sintomas de estresse e tédio.

No milanospettacoli.com, também mostramos alguns exercícios passivos para gatos, que ajudarão você a gerenciar um peso saudável para o seu companheiro felino. Não perca!

Problemas no trato urinário de felinos

Os problemas do trato urinário destacam-se como as doenças mais comuns do gato ragdoll, que podem afetar os ureteres, uretra, bexiga e até se expandir para os rins. Entre os distúrbios urinários mais frequentes em gatos, encontramos as seguintes patologias:

  • Infecção de urina
  • Cistite em gatos
  • Síndrome urológica felina (SUF)

Cada uma dessas doenças tem seus próprios sintomas, que também dependerão do estado de saúde do gato e do progresso do quadro clínico. No entanto, existem alguns sinais que podem indicar uma condição no trato urinário de felinos, como:

  • Vontade constante de urinar, mas com dificuldade em expulsar a urina
  • Lamber a área genital intensa ou constantemente
  • Micção dolorosa
  • Reforçar a micção
  • Presença de sangue na urina
  • Incontinência urinária (o gato pode começar a urinar fora da caixa de areia e até mesmo em locais completamente incomuns, como na área de repouso ou higiene)

Hairballs e problemas digestivos em gatos ragdoll

Como a maioria dos gatos de lago ou semi-comprido, o boneco de pano pode sofrer problemas digestivos resultantes do acúmulo de bolas de pelo no estômago e no trato intestinal. Com seus hábitos diários de higiene, os felinos geralmente ingerem alguns cabelos ao lamber para higienizar seu próprio corpo.

Se o gato conseguir expulsar efetivamente o cabelo, não deve sofrer nenhuma alteração na sua boa saúde. No entanto, quando a boceta não purga adequadamente, os seguintes sintomas podem aparecer:

  • Deterioração geral
  • Apatia
  • Arcadas frequentes
  • Regurgitação
  • Vômitos de líquidos e alimentos

Para evitar a formação de bolas de pêlo no trato digestivo da sua vagina, é essencial escovar regularmente o pelo para remover pêlos mortos e sujeira. Para ajudá-lo a manter a beleza e a saúde do pelo de sua boneca de pano, oferecemos algumas recomendações para escovar os pêlos de um gato e também ensinamos a escolher o pincel ideal para um gato de pêlo comprido.

Além disso, o malte para gatos pode ser uma maneira segura e eficaz de ajudar sua vagina a limpar os pêlos ingeridos em seu banheiro diário. Além disso, funciona como um excelente estímulo sensorial para gatos, permitindo que eles exercitem habilidades físicas e cognitivas.

Doença renal policística

O rim policístico (ou doença renal policística) é uma patologia hereditária diagnosticada com mais frequência em gatos persas e exóticos de pêlo curto, mas também pode afetar a boneca de pano.

Neste quadro clínico, os rins do gato produzem cistos que são preenchidos com líquido desde o nascimento. À medida que o gato cresce, esses cistos aumentam de tamanho e podem causar graves danos aos rins e até causar insuficiência renal.

Alguns dos sintomas do rim policístico felino podem ser:

  • Perda de apetite
  • Perda de peso
  • Fraqueza
  • Deterioração geral
  • Depressão / Letargia
  • Alto consumo de água
  • Micção freqüente

A castração ou esterilização de gatos que sofrem dessa patologia são medidas preventivas cruciais para impedir a transmissão dessa doença e superpopulação, que na maioria dos casos acabam em abrigos ou na própria rua.

Cardiomiopatia hipertrófica em gatos ragdoll

A cardiomiopatia hipertrófica felina é a patologia cardíaca mais comum em gatos domésticos e também está entre as principais doenças do gato ragdoll. É caracterizada pelo espessamento da massa miocárdica do ventrículo esquerdo que causa uma redução no volume da câmara cardíaca.

Consequentemente, o coração do felino torna-se incapaz de bombear o sangue adequadamente para outros tecidos e órgãos do corpo. Em seguida, podem ocorrer complicações relacionadas à má circulação, como tromboembolismo (formação de coágulos em diferentes partes do corpo que comprometem as funções orgânicas).

Embora possa afetar todos os gatos, é mais comum em gatos machos mais velhos. Seus sintomas dependem do estado de saúde de cada gato e do progresso da doença; também existem alguns casos assintomáticos. No entanto, os sintomas mais característicos da cardiomiopatia hipertrófica em gatos são os seguintes:

  • Apatia
  • Respiração dispnéia
  • Vômito
  • Dificuldade para respirar
  • Perda de apetite
  • Perda de peso
  • Depressão e letargia
  • Flacidez nos membros posteriores
  • Morte súbita

Visite o seu veterinário

Agora você sabe quais são as doenças mais comuns do gato ragdoll, por esse motivo, não se esqueça da importância de evitá-los através de visitas veterinárias a cada 6 ou 12 meses, o monitoramento do calendário de vacinas do gato e a desparasitação periódica. Além disso, antes de qualquer sintoma mencionado acima ou alteração de seu comportamento e rotina habitual, não hesite e procure o seu veterinário, a única figura capaz de garantir o bom estado de saúde do seu gato.

Este artigo é meramente informativo, em milanospettacoli.com.com não temos poder para prescrever tratamentos veterinários ou fazer qualquer tipo de diagnóstico. Convidamos você a levar seu animal de estimação ao veterinário, caso ele apresente algum tipo de condição ou desconforto.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes às doenças de gato Ragdoll, recomendamos que você entre na seção de doenças hereditárias.

Recomendado

Os melhores filmes de animais para crianças
2019
Cuidado de um gato sphynx
2019
Paralisia em cães - Causas e tratamento
2019