Remédios para reduzir o estresse em cães

Veja arquivos para cães

Às vezes, precisamos procurar fórmulas para reduzir o estresse em cães que se adaptam a cada família. Não é o mesmo que dar um remédio e dar um remédio natural e ajudar com técnicas de dispersão para nossos companheiros peludos. O estresse continua sendo uma das condições mais comuns em cães, especialmente aqueles que vivem em cidades ou apartamentos muito pequenos e passam a maior parte do dia sozinhos.

Devido à falta de informações, podemos confundi-lo com problemas de comportamento ou hiperatividade. Em milanospettacoli.com, queremos falar sobre os remédios para reduzir o estresse em cães, não apenas os convencionais, mas também aqueles que não esperamos que possam nos ajudar a combater esse problema.

Como reduzir o estresse em cães?

Para ajudar os outros, devemos sempre estar bem. Isso parece básico, mas é o ponto em que devemos sair para ajudar nosso cão. Se nós mesmos somos capazes de reduzir ou gerenciar os níveis de estresse, podemos melhorar nossa qualidade de vida, a de nosso ambiente e também de nossos entes queridos, neste caso, nosso cão.

Para identificar a causa que causa estresse no cão, precisamos saber quais são suas necessidades. Aprender sobre raça, idade, caminhadas ou comida são alguns pontos para começar, mas para alcançar o equilíbrio desejado, precisamos aprender a atender às necessidades dos cães.

Outras maneiras de descobrir o que causa estresse em nosso cão podem ser revisando as 5 liberdades de bem-estar animal, requisitos que qualquer cão saudável deve poder desfrutar. Da mesma forma, se também aprendermos a linguagem canina, saberemos se nosso cão está relaxado, nervoso ou estressado nas diferentes situações do dia.

Às vezes é muito difícil entender o que causa estresse em nosso cão: pode ser que ele faça uma caminhada simples de 10 minutos por dia, quando ele realmente precisa de 3 caminhadas diárias de 40 minutos cada, pode ser que durante a caminhada puxemos constantemente a trela ou sofrer toda vez que ele late na rua. Existem inúmeras causas que podem causar desconforto em nosso melhor amigo e somos responsáveis ​​por identificar o que pode estar acontecendo. Lembre-se de que uma mudança em sua vida também pode causar ansiedade, como a perda de um membro da família ou uma mudança.

Proporcionar a você um ambiente descontraído e calmo em casa geralmente é bem sucedido. Outras vezes, precisamos apenas entreter sua mente com jogos de inteligência ou cheirar jogos várias vezes ao dia. Isso ocorre em raças muito inteligentes, como em raças do tipo pastor (border collie, pastor alemão ...) ou do tipo pinscher, que precisam ter uma ocupação para serem mentalmente saudáveis.

O importante é estar ciente e conhecer nosso cão para entender o que pode estar afetando seu estado emocional. Pequenas mudanças costumam fazer a diferença e nos permitem dispensar medicamentos.

Remédios tradicionais para combater o estresse em cães

Os remédios alopáticos sempre serão consequência de uma visita ao veterinário, e ele nos guiará da maneira mais conveniente para o nosso cão. Não devemos automedicar nosso animal de estimação, pois podemos estar errados na escolha do medicamento e / ou da dose.

Os feromônios são frequentemente usados nesses casos, pois imitam o cheiro de sua mãe, e podemos ter sucesso com eles. Eles existem na forma de colares ou difusores de ambiente que não são tão invasivos para eles e nem perceberemos. Todas as informações necessárias em nosso artigo sobre a eficácia dos feromônios.

Existem outros medicamentos para casos muito agudos, como o Prozac, que é um ansiolítico canino, mas não pode ser usado por muito tempo, pois pode causar outros problemas dos quais nos arrependeremos mais tarde.

Remédios naturais para o estresse em cães

Embora existam vários remédios para tratar o estresse em cães, destacamos abaixo as técnicas naturais mais eficazes nesses casos:

  • Dentro dos remédios caseiros, podemos escolher o chá de camomila que será misturado à sua comida habitual, depois que o chá estiver preparado ou uma colher de sopa de aveia cozida, também em sua refeição. A erva de São João também é amplamente utilizada para reduzir a ansiedade em cães e pessoas, geralmente encontrados em tintura ou cápsulas que podem ser administradas na boca diretamente ou com alimentos.
  • A homeopatia tem medicamentos que ajudam em muitos casos e não têm efeitos colaterais. Eles podem ser usados ​​cronicamente sem gerar dependência. Temos diferentes maneiras de lidar com o problema, mas isso será avaliado pelo veterinário homeopata que consultamos. A valeriana é geralmente a opção mais comum e uma gota de comida é suficiente para ver a mudança.
  • A aromaterapia é amplamente utilizada para esses problemas, pois não é invasiva para o animal e, por meio de diferentes técnicas, podemos ajudá-lo a reduzir seu estado de ser. O óleo de lavanda é geralmente muito eficaz em cães que sofrem de ansiedade de separação, estresse ou solidão. Já com um difusor ambiental ou envolvendo o animal com cobertores dessa fragrância, podemos aplacar medos ou fortes crises. Também podemos aplicar algumas gotas na cama do cachorro e também é uma solução muito econômica.
  • As flores de Bach, como a maracujá ou a passiflora, são as mais usadas para problemas emocionais que resultam em estresse canino. O objetivo sempre será acalmar a ansiedade para reduzir as manifestações físicas, se houver.
  • A acupuntura também costuma ser uma técnica amplamente usada nesses casos, com qualquer um dos remédios detalhados acima. Podemos combiná-lo com homeopatia ou flores e obter resultados maravilhosos com apenas 1 ou 2 sessões.

Este artigo é meramente informativo, em milanospettacoli.com.com não temos poder para prescrever tratamentos veterinários ou fazer qualquer tipo de diagnóstico. Convidamos você a levar seu animal de estimação ao veterinário, caso ele apresente algum tipo de condição ou desconforto.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes aos Remédios para reduzir o estresse em cães, recomendamos que entre na seção Problemas mentais.

Recomendado

Hepatite infecciosa canina - sintomas e tratamento
2019
A mudança de pêlos em cães
2019
Diferenças entre castrar e castrar um cachorro
2019