Um gato esterilizado pode fazer sexo?

Ver arquivos de gatos

Devido às características do zelo dos gatos, é muito comum que, como cuidadores, decidamos esterilizá-los para evitar comportamentos que dificultam a coexistência, problemas de saúde e superpopulação felina, pois um único gato é capaz de dar à luz várias ninhadas a cada ano. De qualquer forma, existem inúmeras dúvidas que podem surgir a esse respeito. Portanto, neste artigo do milanospettacoli.com, explicaremos se um gato esterilizado pode fazer sexo ou não, se pode engravidar ou se é capaz de produzir leite. Uma informação essencial a ser levada em consideração por qualquer profissional de saúde.

O ciclo reprodutivo e a esterilização de gatos

Os gatos são poliésteres sazonais . Isso significa que, durante os meses de luz suficiente, eles terão uma sucessão contínua de períodos de calor que durarão cerca de sete dias e serão repetidos aproximadamente a cada 10 a 15 dias. Além disso, os gatos têm ovulação induzida, o que implica que um estímulo, geralmente a relação sexual, é necessário para desencadear a ovulação e, portanto, tornar o gato fértil.

Quando decidimos esterilizar nosso gato, é comum o veterinário fazer uma pequena incisão abdominal através da qual extrair os ovários e o útero, embora alguns veterinários optem por remover apenas os ovários. De qualquer forma, o gato não volta ao calor e, como somente durante esse período mostra interesse em relações sexuais, a resposta para saber se um gato esterilizado pode ter relações é NÃO .

Um gato esterilizado pode engravidar?

Como vimos, um gato esterilizado não entrará no cio, não será fértil, não atrairá machos e, portanto, se tivermos dúvidas sobre se um gato castrado pode ter relações sexuais e engravidar, a resposta é não. Sem os ovários e sem o útero, o ciclo sexual não ocorre, portanto, a gravidez é impossível .

Um gato esterilizado pode esquentar?

Já deixamos claro que um gato esterilizado não pode fazer sexo, não pode acasalar, porque isso só ocorre quando o gato está em seu momento de fertilidade, que não existirá sem ovários. Mas há uma circunstância em que, ainda esterilizado, o gato pode manifestar sintomas de calor, isto é, miados insistentes e agudos, esfregando contra todos os tipos de objetos ou pessoas, exposição dos órgãos genitais etc. Este é o repouso ovariano, o que significa que houve algum fragmento de tecido ovariano no corpo do gato e que foi capaz de desencadear estímulos hormonais suficientes para que o gato entre no calor.

Se operamos nosso gato recentemente, mas observamos sintomas compatíveis com o calor, devemos procurar o veterinário. Tente localizar o resto do ovário e extraí-lo. Esse problema ocorre raramente e, nesses casos, um gato esterilizado pode acasalar, mas, obviamente, sem o útero, não engravida .

Um gato esterilizado pode produzir leite?

Nas seções anteriores, respondemos se um gato esterilizado pode fazer sexo, mas essa não é a única pergunta relacionada ao seu ciclo sexual que pode suscitar perguntas. Quando um gato é pareado, é normal que ocorra fertilização e, nesses casos, após uma gestação de cerca de dois meses, o gato dá à luz uma ninhada que amamenta com o leite que produz até dois meses de vida. Este será o único momento em que um gato dará leite. Portanto, um gato esterilizado não pode ter leite .

No entanto, existem duas situações em que um gato esterilizado pode dar leite e amamentar. Assim, o máximo anterior é violado nos gatos que, devido a um problema, requerem uma cesariana para ajudar seus filhotes a nascer e a cirurgia é usada para esterilização. Esses gatos podem amamentar seus gatinhos. Além disso, gatos esterilizados que, devido às circunstâncias, contatam gatinhos em lactação, são capazes de criá-los.

Um gato castrado pode ter uma gravidez psicológica?

Finalmente, embora um gato esterilizado não possa fazer sexo, já vimos que, após a intervenção, houve restos ovarianos, é possível que o calor seja acionado mesmo com o acasalamento. Em alguns casos em que isso ocorre e, por razões óbvias, não termina na gravidez, o gato pode sofrer o que é conhecido como pseudogestação ou gravidez psicológica, que consiste na manifestação dos sintomas correspondentes à gravidez em um gato que não está grávida. grávida Assim, o gato pode ganhar peso e até produzir leite.

Embora este seja um processo que se refere apenas, devemos controlar que não há problemas como mastite, precisamente devido ao aparecimento de leite. Devemos insistir que esses casos são muito raros.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes ao Um gato esterilizado pode fazer sexo?, recomendamos que você entre na seção Celo.

Recomendado

Qual é a intensidade energética?
2019
Diferença entre calor e temperatura
2019
Por que os hipopótamos atacam
2019